porque Santa Joana

UTI Neonatal

Tamanho do Texto:

Referência Internacional

A Unidade de Terapia Intensiva neonatal do Hospital e Maternidade Santa Joana está entre as melhores do país e é referência internacional no atendimento do recém-nascido de alto risco ou que necessite de cuidados especiais.

Pensando neste momento tão difícil, o Hospital e Maternidade Santa Joana dispõe de 60 leitos altamente equipados com o que há de mais moderno em recursos tecnológicos, que garante ao seu bebê o melhor atendimento.

Aqui, a sua preocupação também é a nossa preocupação.

Nossa UTI neonatal é referência por contar com o trabalho de profissionais renomados, especializados em diversas áreas, que são capazes de oferecer toda assistência necessária a esses pequenos pacientes especiais, sem falar na rotina de visita médica, que conta com a presença dos melhores professores das grandes universidades do país.

Durante todo o tempo que o seu bebê estiver conosco na UTI Neonatal, uma equipe multidisciplinar, formada por neonatologistas, cirurgiões pediátricos, cardiológico e neurológico, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogo e enfermeiras irão acompanhá-lo para analisar e reavaliar diariamente o tratamento de maneira rápida e segura.

UTI neonatal referência

Referência internacional
Estamos filiados a rede internacional Vermont Oxford que permite a comparação dos resultados conquistados na assistência de recém-nascidos menores de 1500g entre 800 UTI´s neonatais no mundo. O objetivo é aprimorar os protocolos clínicos e obter os melhores resultados no tratamento dos bebês prematuros.

Tradição




Possuímos experiência e tradição no atendimento a bebês prematuros. Tanto é que nos últimos seis anos completamos a assistência do nosso milionésimo recém-nascido prematuro (menor que 1500g), o que nos confere experiência tanto em relação à atuação da equipe multidisciplinar quanto à habilidade na utilização dos recursos tecnológicos disponíveis.

Somente em 2009, fomos responsáveis por cuidar de quase 7% de bebês que nascidos no município de São Paulo com peso abaixo de 1500g.

Humanização

Aqui em nossa UTI neonatal, psicólogas realizam um acompanhamento psicológico dos pais duas vezes por semana, a fim de esclarecer dúvidas e discutir os problemas do dia a dia.

Humanização

A visita é liberada das 9 às 21h e a conversa com os médicos sobre o quadro evolutivo dos bebês também acontece duas vezes ao dia. O objetivo é que os pais permaneçam ao lado dos seus filhos o maior tempo possível aprendendo a aguardar o momento em que será possível uma interação mais próxima e segura, a tolerar os difíceis momentos de instabilidade clínica e a vibrar com as pequenas conquistas. Neste espaço somos uma grande família, onde o nosso paciente se estende aos seus pais que recebem a nossa acolhida carinhosa e, a sua vitória, é a desta equipe que o acompanha e transfere a “maternidade temporária” à sua mãe, de fato, no momento da alta.

Pioneirismo com o Método Canguru

Reconhecida pelo atendimento humanizado, a UTI neonatal do Hospital e Maternidade Santa Joana é pioneira na prática do método canguru. Método este que permite a participação dos pais na recuperação dos bebês através do contato pele a pele entre mãe e filho e/ou entre pai e filho. Esta prática, além de estabelecer afeto e segurança entre pais e filhos, favorece o desenvolvimento neuropsicomotor e o ganho de peso do bebê.

Aqui os recursos tecnológicos em uso não são empecilhos para que se faça o uso do Método Canguru, pois a experiência da equipe garante uma monitoração segura e até os prematuros em ventilação mecânica podem ser privilegiados pelo método, se estáveis clinicamente.

UTI neonatal referência

Horário do Psiu
Quatro horários ao dia (períodos de uma hora) são dedicados para criar um clima de sossego e aconchego para os bebês. As luzes são apagadas e oferecem a sensação de um ambiente mais calmo e relaxante. Neste momento, evita-se realizar qualquer procedimento com o bebê.

UTI neonatal referência

Esta é uma forma que encontramos de evitar a dor e diminuir o estresse nos bebês, e ainda aproximar o contato entre mãe e filho, já que este tempo é totalmente destinado ao relaxamento.

Aleitamento materno

O prematuro não tem coordenação de sucção-deglutição, assim, é preciso utilizar a sonda gástrica para a oferta de leite até que se adquira a maturidade fisiológica, o que ocorre ao completar 34 semanas de idade gestacional.

Para incentivar o aleitamento materno, possuímos um grupo de suporte nutricional que procura estimular a coleta do leite materno neste período, até que o recém-nascido esteja pronto para o aleitamento.

Aleitamento Materno

Aqui nós oferecemos um posto de leite humano onde as mães podem tirar o leite e armazená-lo para que os seus bebês prematuros recebam esse alimento, o que garante a oferta de leite materno independente da sua idade gestacional e do peso. Assim que o bebê apresentar condições clínicas para a amamentação, as mães têm apoio da equipe de enfermagem para iniciar com tranquilidade e sucesso este momento especial.

Banco de leite humano: o maior da América Latina

Sabemos das dificuldades das mães para a amamentação de seus bebês prematuros, e por sermos referência internacional em UTI neonatal, criamos nosso próprio banco de leite para atender às suas necessidades. Possuímos o maior banco de leite do país em maternidade. Assim, garantimos que 100% dos bebês prematuros nascidos aqui no Hospital e Maternidade Santa Joana recebam leite humano logo na primeira alimentação, desde que tenham condições clínicas para isso.

Nosso banco de leite cuida do processamento para deixar o leite em condições ideais para a ingestão. Depois de coletado e identificado, o leite que não for utilizado nas primeiras 10 horas passa por um processo de pasteurização, onde é realizado um controle microbiológico para que fique em condições sanitárias para o consumo, para só então poder ser congelado e armazenado. Após a pasteurização este leite poderá permanecer armazenado por até seis meses. Assim, garantimos que todos os bebês internados em nossa UTI neonatal tenham acesso ao leite materno como o principal alimento.

Em 2009 coletamos mais de 3500 litros de leite humano.

Alta hospitalar

No momento da alta da UTI, os pais recebem um resumo de alta hospitalar, com todos diagnósticos e tratamentos realizados nesse período, além dos resultados dos exames, para que seja feito o acompanhamento ambulatorial da criança, com o pediatra e especialista, se necessário.